Taiwan confirma três casos da variante COVID-19 no Brasil

Taipei, 21 de fevereiro (Reuters) – O governo de Taiwan confirmou no domingo três casos da primeira variante Covit-19 encontrada no Brasil e disse que todos os imigrantes do país estariam sujeitos ao isolamento centralizado a partir desta semana.

O ministro da Saúde, Chen Shih-chung, disse no sábado que os três indivíduos, inicialmente denunciados por autoridades de doenças infecciosas e em tratamento no hospital, foram confirmados no sábado como sendo conhecidos como a variante B1 Brasil.

A partir da meia-noite de quarta-feira, quem chegar a Taiwan vindo do Brasil ou estiver no Brasil nos últimos 14 dias deve isolar uma instalação centralizada por duas semanas, pois as chegadas do Reino Unido e da África do Sul devem ser impedidas de se espalharem separadamente.

Todos os outros que vêm a Taiwan devem ficar isolados em casa por 14 dias, e esses indivíduos são monitorados de perto pelas autoridades para garantir que não saiam de casa.

A epidemia matou 245.977 pessoas no Brasil, o pior número de mortes fora dos Estados Unidos.

Existem mais de 10 milhões de casos confirmados do vírus corona no Brasil porque uma nova variante descoberta na Amazônia ameaça destruir ainda mais um país onde a vacinação foi interrompida em muitas cidades.

Taiwan mantém a epidemia sob controle, graças à prevenção precoce e eficaz, incluindo frequentemente o fechamento de suas fronteiras. Apenas 40 casos graves estão sendo tratados em hospitais. (Relatório Ben Blanchard. Edição de Jerry Doyle)

READ  A vacina atinge os descendentes de escravos fugitivos enquanto COVID-19 destrói o Brasil

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack