Políticos usam crise de oxigênio de Manas para melhorar rodovia catastrófica (comentário)

  • A proposta de reconstrução da rodovia PR-319, anteriormente abandonada no Brasil, é uma vergonha para o desmatamento amazônico e seu impacto sobre os povos indígenas.
  • A rodovia conectará o Manas, no centro da Amazônia, com a “curva do desmatamento” no sul da região, e abrirá vastas áreas de floresta para invasão.
  • A atual crise de oxigênio em Manaus é um revés para os políticos que promovem o projeto da rodovia, usando o falso argumento de que a cidade precisa da BR-319 para entregar oxigênio.
  • Este texto foi traduzido e ampliado da coluna do primeiro autor do site Amazônia Real. As opiniões expressas são dos autores, não necessariamente Mongabe.

Manas, a capital do Amazonas brasileiro, foi mundialmente conhecida por lidar com a pandemia COVID-19, primeiro O colapso de seu sistema hospitalar Em abril de 2020, a cidade (população 2,2 milhões) se tornou a primeira pessoa a enterrar seus mortos Valas comuns, E os hospitais da cidade em janeiro de 2021 O oxigênio saiu Durante a segunda onda do vírus corona, resultam dezenas de mortes evitáveis. Manas Meyer (David Almeida) Ativistas ambientais culpados A falta de oxigênio na cidade seria a causa da crise devido às más condições da Rodovia PR-319 (Manas-Porto Velho), cuja reconstrução ainda não foi licenciada. Os políticos de Manas têm a oportunidade de aproveitar a crise, o que incentiva o início imediato da construção de estradas. O conselho afetou o povo tribal. Deputado federal de manas Agora eleito Câmara dos Deputados do Brasil (Marcelo Ramos) lidera o segundo lugar mais poderoso Tente pressionar Ministérios em Brasília.

É também patrocinador oficial do Programa de Reconstrução Rodoviária da Infraestrutura Nacional de Transportes (DNIT) O judiciário violou os resultados Para torná-la frutífera. A BR-319 é ​​uma rodovia construída pela ditadura militar brasileira em 1973-1974, mas abandonada em 1988 pelo DNIT. Isso se refere a PR-319 Impossível Para ônibus e outros veículos comuns, mas desde 2015 um plano de “manutenção” melhorou muito a estrada. O plano de “reconstrução” para construir uma nova estrada na mesma rota ainda não foi aprovado. Com a crise de oxigênio em Manas, o DNIT aproveitou a oportunidade para enviar um caminhão para entregar oxigênio para dois dias em Manas, quando ficaram presos tentando puxar caminhões com uma escavadeira e outras máquinas da terra. Claro, eles fizeram (Figuras 1 e 2). Depois de uma viagem de três dias, os caminhões chegaram a Manaus e os guardas dos caminhões não foram despachados, o objetivo da cobertura da mídia foi alcançado.

READ  O comissário da UE não foi longe o suficiente para prometer clima ao Brasil
Caminhões que transportam oxigênio para Manas pela rodovia PR-319. Fonte: Red Globo.
Caminhões que transportam oxigênio para Manas pela rodovia PR-319.  Fonte: Red Globo.
Caminhões que transportam oxigênio para Manas pela rodovia PR-319. Fonte: Red Globo.

A ausência da rodovia PR-319 não foi a causa da falta de oxigênio, mas sim a falha das autoridades em tomar medidas para ordenar a exportação oportuna de oxigênio. O governo do estado sabia que o fornecimento de oxigênio seria cortado De novembro 2020, o Ministério Federal da Saúde alertou Cinco dias atrás O suprimento de oxigênio se esgotou em 14 de janeiro, e três dias antes da expulsão do oxigênio o Ministro da Saúde (General Eduardo Pasuello) estava em Manas e nada fez (para isso, com a aprovação do Supremo Tribunal Federal, Está sendo investigado Para remover o dever).

A rodovia PR-319 não faz sentido como forma de fornecer oxigênio a Manas. Em uma emergência como a atual, a carga chega no avião mesmo assim. Para mercadorias em condições normais, o custo é Muito barato Para transporte aquático em vez da BR-319. Após o vôo inicial, os navios começaram a chegar a Manas nas barragens de Belém ao rio Amazonas. Economia Impossível Está livre da BR-319 Provado, E, não por acaso, o projeto de reconstrução é o único grande projeto proposto Não. Estudo de Viabilidade Econômica (EVTEA).

PR-319 visto do satélite.  © Microsoft Zoom.
PR-319 visto do satélite. © Microsoft Zoom.

O plano de reconstrução ainda não foi aprovado. Um dos motivos é o alto impacto da rodovia, que, junto com as estradas laterais planejadas, mas não muito discutidas, abrirá enormes áreas de floresta que não são seguras para os grileiros entrarem (Agachamentos), Bandidos, madeireiros e outros atores da “curva do desmatamento” que já destruiu grande parte das florestas das bordas sul e leste da Amazônia. A reconstrução da rodovia terá um grande impacto ambiental e social (aqui, aqui, Aqui, Aqui, Aqui E Aqui)

O segundo motivo é a longa história de esforços dos apoiadores para avançar na obra Sem os estudos ambientais necessários E descumpriu as exigências do Órgão Federal do Meio Ambiente (Ibama). Por exemplo, a solicitação do Ibama de dois postos simples de controle (um em cada extremidade do trecho médio da rodovia) não foi acatada mesmo após o DNIT ter tentado assumir essa responsabilidade por muitos anos; O esquema mais recente do DNIT é pedir aos municípios (distritos) que paguem pelos postos de controle nas estradas. Isso esclarece a natureza imaginária das alegações de que um plano de manejo massivo será estabelecido para controlar o desmatamento.

READ  Melhor ipad pencil: A melhor escolha para todos os orçamentos
Manas visto do satélite. © Microsoft Zoom.

Outra questão é a má qualidade dos estudos ambientais. o Primeiro EIA Rejeitado pelo IBAMA em 2009 Seguindo a opinião oficial: “… O EIA não atende aos requisitos mínimos e não fornece informações que permitam avaliar a viabilidade ambiental do projeto… Apesar das normas técnicas do EIA / RIMA, a licença prévia não pode ser concedida.” o Segundo EIA, Atualmente sob análise do IBAMA, tem uma série de deficiências, mas pelo menos reconhece alguns dos graves impactos dessa rodovia.

PR-319 Manas dá alta prioridade aos políticos e, é claro, o esquema é pago pelo governo central, não pelos contribuintes locais. o O verdadeiro Raison d’Tre É do projeto Ganhar votos Em Manas. Isso ficou ainda mais claro com a tentativa do prefeito de capitalizar a tragédia do vírus corona para promover esse programa político.

Este texto foi traduzido e expandido da coluna do primeiro autor A verdadeira Amazônia.

Comentário, Conservação, Corrupção, COVID-19, Desmatamento, Editoriais, Meio Ambiente, Florestas, Verdura, Saúde, Infraestrutura, Infecção, Florestas tropicais, Estradas, Florestas tropicais

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack