Plano de Parto Infeccioso Brasil – Melhorando os Sistemas Locais de Saúde no Brasil

MARAJÓ ARCHIPELAGO, Brasil – A balsa para Santa Cruz do Arari sai todos os dias às 6h de Belém, capital do estado de Barre. É novembro – estação seca – então o rio está baixo, e o barco que transporta a tripulação do UNFPA só pode chegar ao porto de Genebra, onde eles podem dirigir o resto do caminho pela estrada de terra e chegar ao seu destino às 14h.

A equipe está aqui para visitar três municípios do arquipélago de Maraje que participam do projeto Sat Manas (“Saúde das Irmãs”), uma joint venture entre o UNFPA e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde de Bari (COSEMS / PA). O objetivo é fortalecer a qualidade da atenção à saúde reprodutiva prestada pelo sistema local de saúde COVID-19 por meio da instalação de consultórios de telemedicina em sete postos de saúde (chamados de unidades básicas de saúde no Brasil), que oferecerão consultas online com especialistas em ginecologia . E obstetrícia. Com cinco unidades abertas no dia 12 de fevereiro, o programa já atende 80 mil mulheres em idade reprodutiva em Santa Cruz do Arari, Afus, Anajas, Bacre, Prives, Melcano e Salvador.

Facilita o acesso à saúde

Há um formador geral na junta de saúde de Santa Cruz. Antes de o escritório de telemedicina abrir aqui, os pacientes que precisavam de conselhos muito especializados tinham que viajar mais de 100 quilômetros até Belm, geralmente de barco. Outros municípios têm mais de 24 horas. Agora, as mulheres podem consultar remotamente com um ginecologista ou obstetra.

Atualmente, enfermeiras prestam assistência pré-natal a pacientes como Linda Aura Ra Jamak, de 46 anos, que recebeu atendimento pré-natal aqui, mas optou por dar à luz seus dois filhos na capital para que pudesse consultar um especialista. Chad Das Manas também ajudará a prevenir o aumento das taxas de gravidez na adolescência, diz a Sra. Jemak, autora e consultora mentora. “Muitos pais não falam com os filhos, eles aprendem com os colegas e engravidam rapidamente”, disse ela. “Simplesmente veio ao nosso conhecimento então [remote] Sugestões, para que as mulheres aprendam a se cuidar. “

READ  Brasil vê um novo pacote de ajuda de 3 meses no valor de 1,1 bilhão por mês

Prevenção do câncer cervical

A enfermeira Geetian Mia diz que a proibição de falar sobre saúde reprodutiva, aliada à falta de recursos, impede muitas mulheres de procurarem ajuda. Ele trabalha com seis agentes comunitários de saúde que acompanham os pacientes em suas residências e dispensam medicamentos e anticoncepcionais nas bicicletas do programa. “Em outubro, fizemos campanha para eleições preventivas. Vimos mulheres morrerem de câncer cervical ”, explicou a Sra. Mia. “Este programa seria ótimo porque não temos um ginecologista, e muitas mulheres param de ir a Belm para obter conselhos vergonhosos ou [because] Nem todos pagam a passagem ou têm hospedagem em Belém. ”

A próxima viagem é Salvador, um passeio de barco de cinco horas e de van de duas horas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IPGE), a cidade tem uma população de pouco mais de 24 mil habitantes, com 15 unidades de saúde, 20 leitos hospitalares e nenhum médico especialista. O escritório da Telemedicina é instalado pelo Dr. Almir Gabriel no Hospital Municipal, onde Zolia Silva, de 42 anos, planejou um encontro virtual. “Tenho o resultado do meu exame preventivo desde 2018, mas não há médicos para avaliá-lo”, disse Silva, acrescentando que perdeu a avó e a bisavó para o câncer cervical. “Corri para marcar minha consulta porque havia casos de morte na família devido ao câncer cervical.”

Devido ao sucesso de outras clínicas, o Cosems / PA está expandindo esse programa para outros municípios, inclusive Sauer, a meia hora de barco de Salvador e última parada da visita. A atenção especial à saúde da população é o sonho de Maria Helena Gomez, secretária de saúde da Sore. O sonho tornou-se realidade na Unidade de Saúde Família da Madinha, que hoje conta com um posto de telemedicina. “Ter este serviço de telemedicina é muito importante para as pessoas que acham difícil chegar à capital e para os médicos que têm dificuldade em chegar aqui”, disse Gomes. “Essa parceria vai melhorar a saúde do município”.

READ  Soro da Índia para atrasar as exportações de vacinas para o Brasil, Marrocos e Arábia Saudita: Fonte

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack