OMS alerta para amenizar epidemia, preocupações com o Brasil

GENEBRA (5 de março): A chegada da vacina Covit-19 não deve levar os países a aliviar os esforços para combater o vírus corona, disseram autoridades da Organização Mundial de Saúde na sexta-feira, citando preocupações de que a epidemia no Brasil possa se espalhar para outros países.

Mike Ryan, o principal especialista em emergências da OMS, disse em uma conferência online: “Achamos que estamos cumprindo isso, não estamos.” “Os países estão voltando para o terceiro e quarto lugar se não tivermos cuidado.”

O registro de mortes de Covid-19 foi relatado no Brasil esta semana, com seu sistema hospitalar à beira do colapso, em parte devido a uma variante infecciosa que foi identificada pela primeira vez.

Globalmente, os números de casos do Covit-19 reverteram uma tendência de queda de seis semanas na semana passada, apesar de milhões de vacinas sendo entregues nas últimas semanas, mostram os dados da OMS.

“Agora não é hora de relaxar nesse assunto no Brasil ou em qualquer outro lugar”, acrescentou Ryan. “A chegada das vacinas é um momento de grande esperança, mas também é um momento em que perdemos a concentração”.

O presidente da Organização Mundial da Saúde, Tetros Adonom Caprais, descreveu a epidemia no Brasil como “muito, muito relevante” e alertou para possíveis derramamentos regionais.

“Se o Brasil não for sério, vai continuar afetando todos os lugares lá fora”, disse ele.

READ  A Amazônia brasileira emite mais carbono do que absorve: reportagem, notícias mundiais e melhores histórias

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack