Ministério da Saúde confirma variante brasileira do COVID-19 em Dakota do Sul

O Departamento de Saúde de Dakota do Sul confirmou que a “variante brasileira” do PIERRE, SD (KOTA) – COVID-19 (variante P.1) foi detectada no estado. Essa descoberta foi verificada por um laboratório comercial fora do estado e, embora apenas um caso de variação tenha sido identificado no condado de Pennington, é seguro assumir que agora existe variação entre nós.

“Estamos monitorando de perto esse desenvolvimento e gostaríamos de usar esta oportunidade para incentivar os residentes do estado a se vacinarem, pois é a melhor maneira de se protegerem. O hospital também provou ser quase 100% eficaz contra internações e mortes”. O Diretor de Comunicações do SD-DOH, Daniel Buchelli, disse. “Com mais pontos de acesso do que nunca, é importante proteger você, sua família e nossas comunidades.”

A identificação de uma nova variante nas Grandes Planícies é uma preocupação para a comunidade médica porque pode afetar a eficácia das vacinas COVID-19 atualmente disponíveis e da terapia com anticorpos monoclonais, que é usada para tratar pacientes com COVID em hospitais. Dakota do Sul agora se junta a Minnesota, que identificou 5 casos da variante brasileira, e Nebraska registrou 2 casos.

A variante B1 foi detectada pela primeira vez nos Estados Unidos em janeiro deste ano e foi identificada em viajantes do Brasil.

Para obter mais informações sobre todos os tipos nos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, Clique aqui. Para obter as últimas notícias e fontes disponíveis sobre COVID-19 em Dakota do Sul, visite DOH.SD.GOV.

Copyright 2021 Quota. Todos os direitos reservados.

READ  Uma semana após o forte aumento da taxa de juros no Brasil, os comerciantes estão pedindo mais

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack