Lula instruiu o Brasil a eleger um presidente “humano” em 2022

BRASÍLIA, 8 de outubro (EFE) .- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que o governo do presidente Jair Bolsanaro foi um “desastre” para o Brasil, conclamando seus camaradas a escolherem o próximo candidato talentoso e “humanitário” para a eleição presidencial anual.

Lula, que governou de 2003-2011, culpou o formulador de política econômica de direita pela alta taxa de desemprego, inflação de dois dígitos e a situação de “fome” de mais de 16 milhões de brasileiros.

O governo Polsonaro tem sido criticado por todo o espectro político por lidar com a Covid-19, que já ceifou mais de 600.000 vidas no Brasil, o segundo maior número de mortos nos Estados Unidos.

“Este país precisa ser inteligente e escolher alguém que queira democracia”, disse Lula, referindo-se ao famoso elogio de Bolzano ao regime militar brasileiro de 1964-1985. “Alguém que é apaixonado, humano e não fala bobagens.”

Espera-se que Lula, de 75 anos, desafie Bolzano em 2022, mas o fundador e líder do Partido Trabalhista (PT) de centro-esquerda ainda não jogou o chapéu no ringue.

“Decidirei minha candidatura no início do próximo ano”, disse ele na sexta-feira.

No entanto, há seis dias Lula se reúne com tradicionais aliados do PT em Brasília não apenas em organizações sociais, mas também com políticos de partidos de centro e conservadores.

Analistas explicam ideologicamente a tentativa de Lula de garantir que terá o apoio do Congresso caso consiga buscar outro mandato como presidente.

A um ano da eleição, Lula lidera as pesquisas com 44% contra 26%.

EFE

Menino / dr

READ  Perguntas e respostas sobre tarefas de propriedade intelectual: Brasil - Propriedade intelectual

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack