Governo brasileiro rejeita ajuda humanitária da Argentina à Bahia – Mercopress

Governo brasileiro recusou ajuda humanitária da Argentina à Bahia

Quinta-feira, 30 de dezembro de 2022 – 09:25 UTC


A gestão do Bolsanaro agradeceu, mas não agradeceu

O governo federal do Brasil negou ajuda humanitária à Argentina para as vítimas das enchentes no estado da Bahia, no norte do país.

Uma equipe de dez especialistas em água, saneamento, logística e atendimento psicológico às vítimas do desastre seria enviada do Sul a pedido do governador da Bahia, Rui Costa, mas o Itamaraty recusou-se a permitir a entrada desses especialistas no país. Costa pediu ajuda nas redes sociais.

?? Pela coordenação de esforços, vamos superar este momento difícil. Agora, a missão argentina aguarda a aprovação do Itamaraty para virem à Bahia. Agradeço à Argentina e peço ao governo federal que agilize o reconhecimento do trabalho estrangeiro ??, escreveu.

Em nota enviada à embaixada argentina em Brasília pelo Itamaraty, o governo federal explica que o quadro de pessoal e os recursos financeiros do Brasil são adequados.

?? Se a situação piorar e houver necessidade de assistência adicional, o governo brasileiro poderá aceitar o apoio da Comissão Argentina do Capacete Branco, cujo trabalho é amplamente reconhecido, ?? O documento também foi lido.

Fortes chuvas na Bahia mataram pelo menos 24 pessoas até agora. De acordo com a Superintendência de Defesa Civil e Segurança (Sudec), 91.258 pessoas ficaram desabrigadas ou deslocadas e 629.398 foram afetadas pelas chuvas. O número de feridos também subiu de 358 para 434, com 136 cidades em estado de emergência.

O presidente Jair Bolsanaro divulgou na quarta-feira um vídeo nas redes sociais mostrando o governo federal entregando mercadorias ao estado da Bahia. ?? Ainda estamos na Bahia ??, escreveu Paulsonaro. No início desta semana, o chefe de estado foi instruído a reduzir o feriado catarinense e se mudar para a Bahia conforme as enchentes baixem.

READ  Melhor maos quentes: A melhor escolha para todos os orçamentos

De acordo com o governo do estado da Bahia, a Argentina enviou imediatamente dez técnicos especializados nas áreas de água, saúde, logística e apoio psicológico às vítimas do desastre. O governador Costa agradeceu ao embaixador Daniel Cioli e ao apoio da presidente do Capacete Branco da Argentina, Sabina Friedrich. A Bahia registrou o maior índice de chuvas em dezembro dos últimos 32 anos.

consulte Mais informação: Paulsonaro foi criticado por estar de férias em meio à crise de chuvas na Bahia

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack