Cientistas dizem que 17 milhões de animais serão mortos no incêndio ‘Apocalíptico’ no Brasil em 2020, World News

Cientistas brasileiros estimam que 17 milhões de vertebrados, incluindo répteis, pássaros e animais, serão mortos por grandes incêndios florestais nos pântanos do Pantanal até 2020.

Em meio a uma seca histórica de um ano na América do Sul, um incêndio florestal que ardeu entre janeiro e novembro do ano passado destruiu 30% do Pantanal no oeste do Brasil, a maior área úmida tropical do mundo.

Uma estimativa dessa perda foi publicada na revista Scientific Reports.

Até 2020, cerca de 22.000 incêndios diferentes serão registrados, disse a Dra. Mariana Napolitano Ferreira, presidente do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) no Brasil.

Outro cientista, Dr. Alex Lees, ecologista da Universidade Metropolitana de Manchester, que trabalhou extensivamente na região central do Brasil, incluindo Pantanel, disse que os incêndios florestais de 2020 foram “apocalípticos”, mesmo que ocorressem naturalmente.

A área é geralmente experimentada e eles são “muito diferentes” do ciclo normal de queima e recuperação, disse Lease.

“Esses incêndios são extraordinários pelo tamanho e estão claramente ligados à grande seca que se viveu (parcialmente) naquela época.

“Pandan não poderia ter queimado tanto ano após ano – a biodiversidade não poderia se recuperar disso”, disse ele à BBC.

Os cientistas chegaram a partes do pântano 48 horas após o incêndio. Eles percorreram os folhetos em intervalos regulares e examinaram cada animal morto.

A equipe conseguiu identificar as espécies de 300 animais que encontraram. Eles foram evacuados da área em que foram examinados para fornecer uma estimativa de quantos animais foram mortos no total.

(Com contribuições de agências)

READ  O juiz Lewandowski do STF deu ao governo brasileiro 48 horas para se pronunciar sobre a vacinação infantil.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack