Brasil: Vendas de cosméticos e produtos para saúde aumentaram 5,8% até 2020

O 5,8% de crescimento anual (Antigo preço de fábrica) Isso é maior do que a previsão de 1,1% em agosto. Segundo a ABIHPEC, esse interessante aumento pode ser explicado por uma série de fatores, a começar por este Intensidade de hábitos de saúde Para reduzir o risco de contaminação pelo novo vírus corona. As vendas aumentaram 808% em comparação com 2019, Gel de limpeza para as mãos O melhor exemplo do que a associação comercial chama de “cesta Govit-19” são toalhas de papel (+ 77%), toalhas de cozinha (+ 33,2%), Sabonete líquido (+ 22,3%), Sabonetes em barra (+ 9,5%) e papel higiênico (+ 12,7%).

Cuidados com a pele registram crescimento de dois dígitos

Outros tipos de produtos aliados a práticas de higiene também aproveitaram a situação Produtos de banho.

Desempenho no entanto Cuidados com a pele A tipologia para corpo e rosto, uma das mais surpreendentes, aumentou 21,9% desde 2019. Na verdade, todos os produtos desta categoria registraram um crescimento de dois dígitos!

As máscaras faciais e faciais registraram um crescimento de 91%, enquanto para os cuidados com o corpo, os esfoliantes foram os melhores com um aumento de 153,2%.

Perfumes funcionam melhor do que resistir

Oferta Cheiro A categoria aumentou 8,4% em 2020 (em relação ao preço de fábrica anterior) em relação ao ano anterior. Apesar do desligamento relativamente longo e das restrições operacionais que eles possibilitaram, os perfumes puderam se renovar e investir em canais de venda alternativos para atrair compradores distantes. As compras online, o compartilhamento de experiências nas redes sociais e a interação virtual com as marcas têm permitido que as perfumarias mantenham contato com os consumidores.

Outro fator explicativo para o crescimento das vendas de perfumes é o aumento do interesse por marcas locais. Por um lado, as restrições às viagens ao exterior têm limitado as oportunidades de compras duty-free, por outro lado, o aumento do preço dos produtos importados tem sido atrelado à alta do dólar frente à moeda brasileira, que tem valorizado localmente marcas de competitividade.

READ  Caso bizarro de tartarugas marinhas cruzadas no nordeste do Brasil | Horizon: EU Journal of Research and Innovation

Produtos para o cabelo se beneficiam de um curso de autocuidado

A intensidade dos hábitos de higiene pessoal tem levado o consumidor brasileiro a aumentar a frequência de banhos e duchas e, com isso, oportunidades de lavá-los. Cabelo.

Segundo a ABIHPEC, as vendas de xampus aumentaram 7,9% em 2020 em relação a 2019. As vendas de condicionadores aumentaram 18,6% e as vendas de produtos para os cabelos 12,6%.

A indústria brasileira de cosméticos e saúde registrou seu primeiro superávit comercial em 2020 (US $ 23,4 milhões), após uma década de déficit.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack