‘Brasil registrará 13,5% de desemprego até 2020’

De acordo com o IPGE, o desemprego no país sul-americano aumentou 6,7% ou 840.000 no ano passado em comparação com 2019.

Emitida pela IANS | Publicados: 27 de fevereiro de 2021 17:31
Foto de arquivo: Pessoas esperando na fila de ajuda para receber seguro-desemprego

Rio de Janeiro: De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IPGE), o Brasil registrou 13,5% de desemprego em 2020, equivalente a 13,4 milhões de pessoas e o maior nível desde 2012.

De acordo com o IPGE, o desemprego no país sul-americano aumentou 6,7% ou 840.000 no ano passado em comparação com 2019.

No trimestre encerrado em dezembro de 2020, o desemprego foi de 13,9 por cento, acima dos 14,6 por cento no trimestre anterior, mas superior a 11 por cento no mesmo período de 2019, disse a Xinhua.

A média anual da população ativa em 2020 é a mais baixa, com 86,1 milhões desde 2012, bem como 7,9 por cento menor do que a média de 2019.

A taxa média de emprego informal caiu de 41,1% em 2019 para 38,7% em 2020, de acordo com o IPGE.

Em termos de receita, o Brasil obteve uma média de 2.543 arroz (cerca de US $ 462) no ano passado, um aumento de 4,7% em relação ao ano anterior.

O desemprego no Brasil disparou em 2020 como resultado de medidas isoladas e esforços para controlar a epidemia Covit-19, como o fechamento de empresas. No entanto, o desemprego caiu nos últimos meses de 2020, com pouca recuperação da atividade econômica, mas isso não a impediu de fechar no seu maior nível em oito anos.

READ  Atualização 1 - Desenvolvimento de FX Dynamics no Brasil, Diretor do Mercado Mais Consistente - Banco Central

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack