Brasil: Plano de Ação de Emergência de Enchentes (EPoA) Operação DREF n ° MDRBR010 – Brasil

A. Análise Situacional

Interpretação do desastre

Em 7 de dezembro de 2022, um furacão provocado por um ciclone subtropical atingiu várias cidades do sul do estado da Bahia, no Brasil. O Centro Nacional de Prevenção de Desastres (CMD) registrou 450 mm de precipitação no município de Idamaraju e 171 mm no município de Porto Seguro, na Bahia.

Segundo relatório recente da Organização de Vigilância da Segurança e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudek), 12 pessoas morreram, 267 ficaram feridas, 6.371 ficaram desabrigadas e 15.199 foram deslocadas. A população afetada pelas enchentes foi de 220.297. Áreas isoladas nas províncias da Bahia e Minas Gerais foram inundadas, danificando casas e infraestrutura (estradas e pontes) com o transbordamento dos rios Kabo Bravo e Jukurusu.

No total, 21 municípios foram afetados, sendo os mais afetados Juguruzu, Idakimirim, Porto Seguro e Maduro OTAN.

Até 7 de dezembro, o município havia emitido avisos de emergência. Em 10 de dezembro, o governo federal do Brasil declarou estado de emergência em pelo menos 50 municípios afetados na Bahia e Minas Gerais. Desde 13 de dezembro, o governo federal lançou um plano de ação de recuperação para atender às necessidades das pessoas afetadas pelas enchentes.

A Cruz Vermelha Brasileira diz que há dificuldades para acessar algumas comunidades rurais no município de Jujuru, onde mais de 3.000 pessoas foram deslocadas e mais de 7.000 afetadas. No município de Madras Neto, cerca de 1.000 pessoas foram isoladas e a energia cortada.

READ  Brasil Rede D'or e Família Bueno UnitedHealth's Amil - Reportagem

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack