Atualização 2 – Licença operacional suspensa devido ao fechamento da mina Vale Onca Puma no Brasil

(Inclui comentários, detalhes e opinião do analista do paraestado)

Por Gabriel Arazo

São Paulo, 4 de outubro – A mineradora brasileira Vail SA disse na segunda-feira que suspenderia as operações em sua mina de níquel Onga Puma depois que uma estatal suspendeu sua licença de operação devido a alegações de não conformidade com os regulamentos locais.

De acordo com um registro de títulos, o impacto da quantidade na produção ainda está sob avaliação.

Vail disse que a suspensão da licença, ordenada pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará, deve afetar fornecedores, empreiteiros e clientes, mas não deu detalhes.

De acordo com um relatório enviado à Reuters na segunda-feira, o departamento de meio ambiente de Bara disse na sexta-feira que a licença de Onga Puma foi suspensa por não cumprir os termos da licença de Vail.

O departamento citou uma obrigação não cumprida de fornecer serviços às comunidades ao redor da mina, incluindo o estabelecimento de uma rede de fibra óptica e unidade de saúde.

Vail disse que está em contato com a secretaria para entender melhor os aspectos técnicos e jurídicos da suspensão e tomar medidas administrativas e judiciais para superá-la.

Ele disse que não havia base para rescindir a licença do mineiro. A produção de níquel da Vale no Brasil atingiu 16.000 toneladas em 2020.

Analistas do Credit Suisse dizem que a suspensão foi negativa para Vail porque o esforço foi de 7,5% de sua produção total de níquel no ano passado. “Estimar o tempo para reiniciar ainda é muito em breve”, acrescentaram eles em uma nota de estudo. (Relatório adicional de Roberto Zamora; edição de Mark Potter e Bill Berkrot)

READ  Walmart vende mais ações no Brasil

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack