A primeira adega georgiana é inaugurada no Brasil

Lorangi se tornou a primeira vinícola georgiana a abrir ontem em Gois, Brasil, com o apoio da embaixada da Geórgia, disse o Ministério das Relações Exteriores da Geórgia.

Também foi realizada uma cerimônia de abertura, na qual os convidados podem aprender a fazer vinho tradicional georgiano na grande panela de barro Query.

Vinhos georgianos feitos por vinícolas e vinícolas georgianas também foram fornecidos. [at the event], ”Diz o Ministério.

Um muro de homenagem com a imagem da bandeira georgiana foi erguido no local em homenagem à cultura e tradições georgianas.

O evento contou com a presença de jornalistas, representantes de agências de viagens, do presidente da Associação Brasileira de Sociologia e interessados ​​na Geórgia e sua cultura, informou o ministério.

O método georgiano de fazer vinho em Querry é um processo único, por isso foi aprovado pela UNESCO em 2013 para ser adicionado à lista de patrimônio cultural requintado.

Kvevri é um grande recipiente de argila semelhante a um âmbar, tradicionalmente enterrado no solo até o pescoço, no qual o vinho é fermentado e armazenado em partes da Geórgia, especialmente em Kageti, no leste da Geórgia. Após a fermentação, naturalmente e sem aditivos, o kvevri é coberto com uma tampa de madeira e coberto com terra ou argila. O vinho amadurece por até seis meses, após o qual é aberto e o vinho de degustação brilhante está pronto para ser degustado.

READ  A floresta amazônica do Brasil foi desmatada por mais de 15 anos

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Portal On Jack