São Joaquim Forma Primeira Turma De Curso Técnico Em Agro Negócio

0

Formar profissionais habilitados na aplicação dos procedimentos de gestão e de comercialização do agronegócio, visando os diferentes segmentos e cadeias produtivas da agropecuária brasileira. Este é o objetivo do Curso Técnico em Agronegócio promovido pela Rede e-Tec Brasil no SENAR.

Na noite de Sábado(05), aconteceu  no Clube Astréa, a formatura da primeira turma do  Curso Técnico em Agronegócio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), que  iniciou suas atividades em março de 2015 com a abertura de três polos de apoio presencial em São José, Fraiburgo e São Joaquim. Estavam presentes diversas autoridades, a  Secretaria de Desenvolvimento Regional Solange Pagani,  o Prefeito de São Joaquim Giovani Nunes, também o Presidente do Sindicato Marcos Pagani, Presidente da Faesc-Senar Zeferino Pedroso e do Presidente da Câmara Carlinhos Tenente e empresário Vicente Donini.

O presidente do Conselho Administrativo do SENAR/SC e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), José Zeferino Pedrozo, explica que essa turma foi a realização de um grande projeto “nós trabalhamos para que a classe rural tivesse a oportunidade de cursar cursos técnicos afim de ter mais conhecimento para a nossa gente do interior” comenta Pedrozo.

Além desse curso, uma faculdade voltada para a área do Agro Negócio pode ser implantada em São Joaquim, “Esse curso foi uma etapa importante para que nos consigamos trazer um curso universitário da CNA, já estamos conversando em Brasília para tentar trazer os cursos para cá” realça Pedrozo.

Para marcos Pagani, Presidente do Sindicato Rural de São Joaquim, essa formatura vai trazer inúmeros benefícios para São Joaquim, “É um orgulho muito grande formar essa turma em São Joaquim, juntamente com a FAESC e SENAR, sendo que a cidade e a região é quem ganha com isso, pois aqui é um grande polo de agricultura” ressalva Pagani.

O Prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes, esse curso vai fortalecer a Agricultura do Município, frisando que a capacitação é importante para o desenvolvimento, “É um curso que vai romper barreiras, porque vai incrementar a vida da agricultura em São Joaquim, é muito importante ter esses cursos de capacitação, vamos batalhar para que tenha mais cursos na nossa cidade” frisa Giovani.

O CURSO

O curso proporciona a habilitação, com validade nacional, de técnico nível médio em Agronegócio pela modalidade de ensino a distância com carga horária total de 1.230 horas e duração de quatro semestres ou dois anos. As aulas práticas são ministradas em propriedades e agroindústrias parceiras na região.

Na modalidade semipresencial, o Curso Técnico em Agronegócio disponibiliza 80% das suas aulas via web. O restante da carga horária é reservado às aulas presenciais nos polos de apoio e visitas técnicas a propriedades rurais e agroindústrias, para que os alunos possam colocar em prática os novos conhecimentos.

A estrutura curricular do curso técnico prevê: 435 horas de núcleo de formação geral e humana; 615 horas de núcleo de formação técnico-profissionalizante; 135 horas de núcleo de formação profissionalizante e 45 horas de núcleo de formação orientada. Ao final dos dois anos de curso os alunos podem optar em fazer um estágio de 250 horas.