Curta a página do ON JACK e fique por dentro das notícias!

Em 09 de agosto, quarta-feira, no Centro de Convivência do Idoso anexo à Secretaria Municipal de Assistência Social, às 19h30min. foi lançado o Programa Cidade Empreendedora, uma parceria entre a Prefeitura de São Joaquim e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC).
Autoridades, representantes de entidades e convidados estiveram presentes e puderam conhecer um pouco mais sobre o programa. Para o prefeito de São Joaquim Giovani Nunes, o programa é um investimento necessário para desenvolver o município. “É através do planejamento que as ações são realizadas. Esse programa não terá resultados imediatos, mas temos que pensar lá na frente e plantar essa semente para que no futuro tenhamos uma geração preparada para contribuir com o município”, salienta.
O Programa Cidade Empreendedora visa promover o desenvolvimento social e econômico dos municípios e a transformação local pela implantação de políticas de desenvolvimento em várias frentes, através de diferentes soluções.
Importante salientar que uma das frentes de trabalho que o programa prevê é o ensino e e conscientização das crianças quanto ao empreendedorismo e também educação empreendedora. “Teremos a possibilidade de avaliar o antes e depois do  programa. É um investimento no capital humano e isso é primordial”, comenta Solange Scortegagna Pagani, secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional de São Joaquim – ADR São Joaquim.

Como funcionará o programa

Edgar Macedo Junior, analista técnico do Sebrae/SC  explicou o funcionamento do programa, explicando cada setor de atuação. A instituição disponibilizará ao município, durante 17 meses, pacotes de soluções em consultoria para transformar a situação em que se encontra. O programa vai permitir o aprimoramento do ambiente de negócios, em eixos estratégicos, como: atores do desenvolvimento, desburocratização, sala do empreendedor, compras públicas, educação empreendedora, município em números, levantamento de oportunidades, planejamento estratégico para a gestão municipal, gestão estratégica orientada para resultados e o plano de desenvolvimento econômico municipal.
Altenir Agostini, coordenador regional do Sebrae na Serra Catarinense, mencionou a ousadia da administração pública em abraçar o projeto, colocando que é um programa piloto no Brasil, sendo pioneiro em Santa Catarina. São 31 municípios catarinenses participantes do programa e daqueles que compõem a Amures, apenas aderiram São Joaquim, Lages e Urubici. “O Sebrae nacional está observando os resultados para expandir o programa que está sendo pioneiro no estado. Por isso, precisamos trabalhar e mostrar resultados positivos”, diz.

Programa inclui educação empreendedora

O Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae tem o objetivo de ampliar, promover e disseminar a educação empreendedora nas instituições de ensino fundamental, médio e educação superior.
A educação empreendedora proposta pelo Sebrae/SC incentiva os alunos a buscarem o autoconhecimento, novas aprendizagens e oportunidades, espírito de coletividade, além de avaliarem melhores possibilidades tanto na vida pessoal quanto no mercado de trabalho. Em São Joaquim, a proposta é incluir a disciplina na rede municipal através do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos.