Entidade se mobilizam pelas prioridades regionais

0

O Programa de Desenvolvimento e Redução das Desigualdades Regionais, denominado Crescendo Juntos teve nesta terça-feira (08), o cumprimento de sua segunda etapa na Agência de Desenvolvimento Regional – ADR de São Joaquim. Foi composto o Núcleo Executivo Regional que terá a missão de identificar, filtrar e eleger os projetos e ações de governo prioritárias que promovam o desenvolvimento focado na redução das desigualdades regionais, em relação à outras regiões de Santa Catarina.

A reunião foi coordenada pelo adjunto da Secretaria de Estado e Planejamento Fabio Murilo Botelho e a secretária executiva da ADR Solange Pagani. O foco do encontro foi a apresentação da metodologia para elaboração dos projetos que comporão a agenda preliminar Regional de Desenvolvimento. As primeiras propostas foram apresentadas num workshop realizado em novembro do ano passado.

A reunião foi acompanhada pelo presidente da Amures prefeito de Rio Rufino Thiago Costa que assinou um Termo de Compromisso representando o Conselho de Desenvolvimento Regional. Participaram também, o coordenador de projetos especiais da secretaria de Planejamento Vicente Sandrini, o gerente de planejamento Dilvan Luiz Ferrari e a consultora técnica Sandra Bertoncini.

Dúvidas foram tiradas dos integrantes do Núcleo Executivo Regional e uma nova reunião foi agendada para terça-feira (14) para discussão e afunilamento de projetos e propostas a serem incluídos na Agenda Regional de Desenvolvimento.

 

Entidades assinaram o Termo de Compromisso

 

O Programa de Desenvolvimento e Redução das Desigualdades Regionais – Crescendo Juntos tem foco nos fatores causadores das desigualdades regionais. E as propostas é que hajam intervenções capazes de reduzir as desigualdades de forma estrutural especialmente, nessas regiões consideradas de economia com baixos indicadores de desenvolvimento.

Assinaram o Termo de Compromisso para trabalhar com esse enfoque, a ADR de São Joaquim, Amures, Conselho de Desenvolvimento Regional, Epagri, Instituto Federal de Santa Catarina – Ifsc, Universidade do Planalto Catarinense – Uniplac, Associação dos Produtores de Maçã e Pêra – Amap, Associação de Vinhos de Altitude, Associação Feminina de Assistência Social de São Joaquim, Serviço Social da Indústria – Sesi.

Ao todo são 12 regiões menos desenvolvidas do estado, que receberão o Crescendo Juntos que busca estabelecer padrões para que a sociedade catarinense encontre o seu equilíbrio socioeconômico.