Foto: Wagner Urbano

Inaugurado no fim de março deste ano, o trecho de 55 quilômetros da SC 114 entre Painel e São Joaquim apresentou uma fissura já na primeira quinzena de maio. O problema surgiu no KM 293, a cerca de oito quilômetros do Centro de São Joaquim, onde media cinco centímetros, agora está na faixa de 23 metros.

Passados cinco meses, a terceira pista continua interditada, de lá para cá nada foi resolvido com efetividade na rodovia.  Nesse período, medidas foram utilizadas para conter o avanço do problema. A fenda, numa opção paliativa, foi coberta com asfalto, o eu não deu certo e a situação permaneceu preocupante, sobre tudo, porque a pista continuou cedendo com a chuvas.

Os engenheiros do Departamento Estadual de Infraestrutura (DEINFRA) e da empresa que executou a obra realizaram uma analise para descobrir o que provocou as rachaduras.

De acordo com o superintendente Regional do Deinfra, Narciso Leal Narciso, a causa mais provável foi um acidente geológico. Para ele, esse tipo de acidente é passiveis de acontecer em qualquer rodovia. “A recuperação do trecho depende de um projeto especifico, pois a obra exige investimentos considerados de alto custo, um estudo será realizado, assim que for concluído apontará as causa da rachadura” explica.

Fonte e Infos: CL MAIS – Correio Lageano

Comentários no Facebook