4ª Vindima de Altitude movimenta enoturismo catarinense

Evento acontece de 3 a 26 de março, entre a Serra e o Meio oeste, com previsão de 55 mil visitantes

Evento que já está consolidado no calendário turístico de Santa Catarina, a 4ª Vindima de Altitude acontece entre os dias 3 e 26 de março, com cerca de 30 apresentações culturais gratuitas, em São Joaquim e em vinícolas da Serra e do Meio Oeste catarinense.
“Será uma grande oportunidade para apreciar bons vinhos, visitar uma das regiões mais bonitas do Estado e conhecer um pouco mais de um segmento que cresce rapidamente”, afirma Guilherme Grando, presidente da Vinho de Altitude – Produtores Associados e diretor comercial da Vinícola Villaggio Grando, de Água Doce.
A expectativa é que cerca de 55 mil pessoas participem do evento, durante todo o mês de março. As apresentações acontecem sempre de sexta a domingo, em um grande circuito cultural itinerante e gratuito, com atrações somente de Santa Catarina, de música (erudita e instrumental, jazz, choro, MPB, nativista) e dança (contemporânea e folclórica). A programação está sendo finalizada e será divulgada em breve.
As vinícolas participantes estão preparando programações especiais, que incluem almoços e jantares harmonizados, degustações, sunsets e visitas guiadas aos vinhedos, entre outras atrações. No último final de semana, entre os dias 24 e 26, haverá  degustação dos vinhos de altitude, no Clube Astréa, em São Joaquim.
A 4ª Vindima de Altitude é uma realização da Vinho de Altitude – Produtores e Associados e Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (Sol) e Santur.
 
Sobre a vitivinicultura
Atualmente, a produção de uvas de altitude ocupa cerca de 500 hectares, entre a Serra e o Meio Oeste de Santa Catarina, em uma altura entre 900 e 1,3 mil metros acima do nível do mar. Em 2017, safra será 30% maior do que no ano anterior, com uma previsão de colheita de 1,6 milhão de toneladas. As principais uvas produzidas são Cabernet Sauvignon, Merlot, Chardonnay e Sauvignon Blanc, mas a partir deste ano começam também ser colhidas variedades italianas (Sangiovese e Montepulciano) e portuguesas (Touriga Nacional).
Das 35 vinícolas produtoras de uva da área de atuação da Vinho de Altitude, 20 produzem e comercializam cerca de 160 rótulos, alguns deles premiados no Brasil e no exterior. São 1,4 milhão de garrafas, com um faturamento estimado em R$ 150 milhões.
 
SERVIÇO
O quê: 4ª Vindima de Altitude, circuito cultural itinerante. Quando: 3 a 26 de março, de sexta a domingo.
Onde: Praça da Igreja Matriz de São Joaquim, Clube Astréa e vinícolas da Serra e Meio Oeste.
Quanto: As apresentações culturais são gratuitas; os eventos nas vinícolas exigem reservas antecipadas.
 
Assessoria de imprensa da 4ª Vindima de Altitude
Carla Pessotto – (48) 99119-6104